top of page

Uso recreativo da maconha: Pode ou não ?No Brasil não pode.


Folha de maconha, óleo, cápsulas e sementes de canabidiol (CBD)

No contexto brasileiro, ainda há um debate em andamento sobre a legalização do uso recreativo da maconha. Enquanto isso, a conversa sobre o uso da droga é importante, especialmente entre pais e filhos. Recentemente a Sociedade Brasileira de Pediatria e a Associação Brasileira de Psiquiatria, lançaram documentos sobre o uso da maconha. Estes documentos lançados cada um por sua instituição, tem como objetivo fornecer informações precisas e atualizadas sobre a maconha, seus efeitos no corpo e na mente dos adolescentes, os riscos e benefícios de seu uso, e como abordar o assunto com os adolescentes de maneira aberta e não julgando estes jovens. Destaca que o uso de maconha por adolescentes pode ter consequências negativas a longo prazo, incluindo problemas de saúde mental, baixo desempenho escolar, dependência e aumento do risco de acidentes de trânsito. Além disso, o uso de maconha por adolescentes pode afetar negativamente o desenvolvimento do cérebro, que ainda está em processo de maturação nessa fase da vida. No entanto, também reconhece que o uso medicinal da maconha pode ser benéfico para alguns adolescentes com condições médicas específicas, mas destaca que o uso deve ser supervisionado por um médico. Com a crescente discussão sobre a legalização da droga, menos adolescentes consideram o uso da maconha como arriscado. No entanto, é importante destacar que o uso da maconha não é seguro. O consumo da droga pode levar a problemas de saúde mental e dependência. Vale ressaltar que a potência da maconha pode variar muito,

Uso medicinal do óleo de canabidiol (CBD)

dependendo do método de cultivo, do tipo de planta, da região de origem, entre outros fatores. Além disso, o uso de concentrados de THC (como óleos, ceras e resinas) pode aumentar significativamente os níveis de THC consumidos, o que pode aumentar o risco de efeitos adversos. De qualquer forma, é importante lembrar que o uso excessivo de maconha pode ter consequências negativas para a saúde, incluindo problemas comportamentais, psicológicos, problemas de memória e concentração, entre outros. Por isso, é recomendável que qualquer uso da droga seja feito sempre sob orientação médica. É fundamental que os pais conversem abertamente com seus filhos sobre os riscos associados ao uso da maconha. Além disso, é importante que a sociedade discuta a legalização da maconha de forma clara, considerando os benefícios e riscos envolvidos. Os profissionais da área da saúde mental, devem estar preparados para lidar com os impactos do uso da maconha na saúde mental e oferecer suporte e aconselhamento para aqueles que estão lutando contra problemas relacionados ao uso de drogas.


Continua...

10 visualizações

コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page